Ostfildern, 16/05/2024

Industrial Security: de bit manipulado a acidente de trabalho

Andreas Willert, Diretor de Industrial Security, Pilz Áustria

(A palavra falada prevalecerá)

Com a publicação do novo Regulamento de Máquinas da UE (MVO), a futura Diretriz NIS 2 e a Cyber Resilience Acts (CRA) planejada, os fabricantes, integradores e  operadores de máquinas e instalações perceberam que a segurança é um requisito legal: Security é um requisito legal! Qualquer pessoa que deseje afixar uma marcação CE na sua máquina a partir de 20 de janeiro de 2027 deve garantir que o sistema de controle da máquina esteja adequadamente protegido contra corrupção acidental ou deliberada e que quaisquer situações perigosas resultantes sejam evitadas.

Por que é tão difícil começar
Os requisitos legais e normativos são bastante complexos, detalhados e entrelaçados. Portanto, os fabricantes e operadores de máquinas terão que revisar os processos existentes de Safety e Security. Não há Safety sem Security!
O seguinte também vale: a segurança de TI e a segurança de TO diferem em termos de objetivos e tecnologia. Enquanto a confidencialidade é geralmente a maior prioridade no TI (de escritório), a disponibilidade é a maior prioridade em TO. Além disso, as empresas possuem diferentes níveis de conhecimento e maturidade com relação à Industrial Security. Por isso, as redes oferecem diferentes superfícies de ataque. Ao contrário da Safety, os riscos de Security e seus efeitos também são intangíveis. Então, como começar?

Safety e Security de um só fornecedor
As empresas não estão sozinhas: a Pilz, especialista em segurança de máquinas, preparou-se desde o início para as futuras exigências de Security. Os clientes recebem não apenas uma avaliação, análise e conceito para a Safety de suas máquinas e instalações, mas também para a Industrial Security da máquina, tudo de uma única fonte. Isso evita abordagens divergentes e soluções incompatíveis. A Pilz desenvolveu serviços para a Industrial Security com base na sua comprovada abordagem de serviços na área de segurança de máquinas, bem como em normas nacionais, europeias e internacionais relevantes e nas melhores práticas. Com nosso apoio, as empresas conseguem se equipar bem e estão no caminho seguro para cumprir as exigências legais atuais e futuras.

O primeiro passo é sempre fazer uma análise dos requisitos de proteção: Quais leis se aplicam? Já existem pessoas responsáveis? Já existem certificações no ambiente do escritório? A próxima etapa é determinar a extensão dos danos causados a pessoas e máquinas em caso de perda de Safety, confidencialidade, integridade ou disponibilidade. De modo semelhante ao procedimento para uma avaliação de Safety, as empresas podem então passar pelas etapas de análise de risco, criação de um conceito de Security, implementação e verificação final.

Suporte personalizado
A Pilz oferece diversos serviços para os temas Safety e Industrial Security. Com isso, é possível oferecer uma gama de serviços que abrange todos os aspectos para a proteção do homem e das máquinas. A oferta abrange desde informações e orientações básicas, passando por treinamentos, como a qualificação "CESA - Certified Expert for Security in Automation", até o "ISCS - Industrial Security Consulting Service", que oferece apoio específico para a implementação das novas exigências da Diretriz de Máquinas.

A experiência mostra que a avaliação de risco de segurança necessária, por exemplo, pode levar várias semanas ou até meses.
Portanto, o momento para a Industrial Security é agora!

Contact

Pilz Industrieelektronik S.L.
Rotunda Eng. Egdar Cardoso, Nº 23, 5º - Sala E (Edifício Tower Plaza)
4400-676 Vila Nova de Gaia
Portugal

Telefone: +351 229 407 594
Email: info@pilz.pt

Contato da imprensa

Telefone:
Email: info@pilz.pt