Por favor, selecione no mapa sua localização para acessar diretamente a página da Pilz de seu país. Se o seu país não estiver no mapa, clique aqui: Site global

Fechar
Portugal | português

Safety Integrity Level (SIL)

Segurança funcional conforme EN/IEC 62061

A EN ou IEC 62061 representa uma norma específica do setor dentro da IEC 61508. Ela descreve a criação de sistemas de comando elétricos relevantes para a segurança de máquinas e considera o ciclo de vida total, desde a fase do conceito até a colocação em funcionamento externa.

Ao contrário da EN 61508, a EN IEC foi publicada no Diário Oficial da UE como norma harmonizada na diretriz de máquinas. Isto também vale para o efeito de presunção para esta norma.

Conteúdos da EN/IEC 62061

A EN 62061 trata da avaliação de riscos com base em um gráfico de riscos que, nesse caso, está em forma de tabela. Além disso, a validação das funções de segurança é considerada com base em métodos estruturais e estatísticos.

Assim como também na EN 13849-1, o objetivo é determinar o quanto as medidas de segurança são apropriadas para minimizar os riscos. Para isso, são necessários amplos cálculos também no âmbito desta norma. Este trabalho pode ser reduzido consideravelmente com um software apropriado, como, por exemplo, o Safety Calculator PAScal. Simplesmente baixe a ferramenta de cálculo gratuitamente ou utilize o Safety App PASmsi.

 

Como é a consideração de risco conforme EN 62061?

A análise de risco é um processo interativo. Isso significa que pode ser necessário executar o processo mais de uma vez. A estimativa de risco e a definição do SIL é feita basicamente para cada perigo, sendo que o risco deve ser reduzido através de medidas de técnicas de controle.

A estimativa de risco é realizada conforme EN 62061, considerando os seguintes itens:

  • Gravidade da lesão (S)
  • Frequência e duração da posição do perigo (F)
  • Probabilidade da ocorrência de um evento gerador de perigo (W) e
  • Possibilidade evitar ou limitar o dano (P)

 

Classificação de SIL conforme EN 62061

Classificação da gravidade (S)

Efeito Gravidade (S)
irreversível: morte, perda da visão ou braço 4
irreversível: membros quebrados, perda de um/vários dedo(s) 3
reversível: necessidade de tratamento por um médico 2
reversível: Requeridos primeiros socorros 1

 

Classificação da frequência e duração da exposição (F)

Frequência da exposição Duração (F) > 10 m*
<= 1h 5
> 1 h até <= 1 dia 5
> 1 dia até <= 2 semanas 4
> 2 semanas até <= 1 ano 3
> 1 ano 2

* Se a duração for inferior a 10 min, o valor pode ser rebaixado para o próximo nível.

 

Classificação da probabilidade (W)

Probabilidade da ocorrência Probabilidade (W)
muito alta 5
provável 4
possível 3
rara 2
desprezível 1

 

Classificação da possibilidade de evitar ou eliminar um dano (P)

Possibilidade de evitar ou limitar Evitar e limitar (P)
impossível 5
rara 3
provável 1

 

Matriz da classificação SIL

O SIL é definido com base na tabela a seguir. A classe K é calculada a partir de K = F + W + P.

Gravidade (S)

Classe (K)
3 – 4
Classe (K)
5 – 7
Classe (K)
8 – 10
Classe (K)
11 – 13
Classe (K)
14 – 15
4 SIL 2 SIL 2 SIL 2 SIL 3 SIL 3
3   (AM)* SIL 1 SIL 2 SIL 3
2     (OM) SIL 1 SIL 2
1       (OM) SIL 1

* OM = outras medidas

 

Quais exigências devem ser consideradas?

A seleção ou esboço das funções de segurança relevantes precisa cumprir as exigências seguintes, no mínimo:


Exigência quanto à integridade de segurança do hardware, composta de

  • Restrições estruturais para integridade de segurança do hardware
  • Exigências para a probabilidade de eventuais falhas de hardware que geram perigos
  • Exigências para a integridade de segurança sistemática (exigências para evitar falhas e exigências para controlar falhas sistemáticas)

 

Restrições estruturais para integridade de segurança do hardware

O SIL, obtido pelo SRECS (Safety-Related Electrical Control System) com base nas restrições estruturais, é menor ou igual ao menor SILCL de um sistema parcial qualquer, que participa da execução de uma função de segurança. Para isso, a arquitetura do sistema de comando e o "percentual de erros seguros" (SFF) ocupa um papel importante.

Restrições estruturais de sistemas parciais:

Cota de falhas seguras
(SFF)
Tolerância de erros do hardware
HTF 0
Tolerância de erros do hardware
HTF 1
Tolerância de erros do hardware
HTF 2
< 60% não permitido SIL 1 SIL 2
60 % a < 90% SIL 1 SIL 2 SIL 3
90% a < 99% SIL 2 SIL 3 SIL 3
>= 99% SIL 3 SIL 3 SIL 3

HFT: Tolerância de erros do hardware
(SFF): Safe failure fraction (cota de erros seguros)
SILCL: SILclaim (máx. SIL que pode ser exigido para um sistema parcial)

 

Exigências para a probabilidade de eventuais falhas de hardware que geram perigos

A probabilidade de falha de cada Safety-Related Control Function (SRCF) que gera perigo em decorrência de eventuais falhas de hardware que geram perigos deve ser igual ou menor ao valor limite de falha definido na especificação de exigências de segurança.

Nível SIL conforme EN 62061 Probabilidade de uma falha perigosa por hora (PFHD) [1/h]
SIL 3 >= 10 E-8 a < 10 E-7
SIL 2 >= 10 E-7 a < 10 E-6
SIL 1 >= 10 E-6 a < 10 E-5

Teste a nossa ferramenta de cálculos (PAScal) gratuita, com a qual você pode determinar, de modo confortável, os valores característicos relevantes.

 

EN IEC 61511: Segurança funcional - Sistemas técnicos de segurança para a indústria de processamento

A norma EN IEC 61511 determina as exigências mínimas a sistemas técnicos de segurança na indústria de processamento. Ela se baseia na IEC 61508, entretanto foi moldada para a indústria de processamento.

Parte 1: Informações gerais, conceitos, exigências para sistemas, software e hardware
Parte 2: Instruções sobre a utilização da Parte 1
Parte 3: Instrução para determinação do nível de integridade de segurança requerido

 

Conteúdos da EN IEC 61511

Sistemas técnicos de segurança são aplicados há vários anos para funções técnicas de segurança na indústria de processamento. Para que a técnica tecnologia de controle de processo de funções técnicas de segurança possa ser aplicada de modo eficaz, ela deve corresponder a determinadas exigências mínimas e níveis de desempenho.

A EN IEC 61511 requer a execução de uma Análise de perigo e de risco. A partir disso, deve ser deduzida a especificação para os sistemas da técnica de segurança. Outros sistemas de segurança são considerados somente na proporção em que sua contribuição possa ser considerada na exigência de desempenho de sistemas técnicos de segurança. O sistema técnico de segurança abrange todos os componentes e sistemas parciais necessários para a execução da função técnica de segurança, desde o sensor até o atuador. O “ciclo de vida de segurança” e os “níveis de integridade da segurança” (SIL) constituem a base para a aplicação desta norma internacional.

Os sistemas técnicos de segurança considerados na norma referem-se à tecnologia elétrica (E)/, eletrônica (E)/e eletrônica programável (PE). Se forem usadas outras tecnologias para criação de comandos lógicos, devem ser aplicados os princípios básicos desta norma de forma correspondente. Nesta norma são considerados ainda os sensores e atuadores de sistemas técnicos de segurança, independente da tecnologia, na qual eles são executados.

A norma IEC 61511 foi elaborada especificamente para a indústria de processamento conforme IEC 61508.

 

Mais informações:

Contact

Pilz Industrieelektronik S.L. R. Eng Duarte Pacheco, 120
4 Andar Sala 21
4470-174 Maia
Portugal

Telefone: +351 229407594
Email: pilz@pilz.pt

Suporte Técnico

Telefone: +351 229407594
Email: pilz@pilz.pt