Por favor, selecione no mapa sua localização para acessar diretamente a página da Pilz de seu país. Se o seu país não estiver no mapa, clique aqui: Site global

Fechar
Portugal | português

Ostfildern, 01/10/2015

Com as novas unidades fabris, a Pilz cria os requisitos para a continuidade do crescimento – fabricação-modelo no país-modelo

Dirk Sonder, Vice-presidente sênior da Produção, Pilz GmbH & Co. KG Com o novo Centro de Produção e Logística Peter Pilz, a Pilz amplia não somente a sua área produtiva em sua sede em Ostfildern: o design flexível dos pavilhões em conformidade com a produção, a eficiência energética, a configuração integrativa dos processos e do ambiente de trabalho, bem como um alinhamento concreto com a Indústria 4.0 criam as premissas para a continuação do crescimento da empresa.

Com o novo Centro de Produção e Logística Peter Pilz, a Pilz amplia não somente a sua área produtiva em sua sede em Ostfildern: o design flexível dos pavilhões em conformidade com a produção, a eficiência energética, a configuração integrativa dos processos e do ambiente de trabalho, bem como um alinhamento concreto com a Indústria 4.0 criam as premissas para a continuação do crescimento da empresa.

O novo Centro de Produção e Logística Peter Pilz integra a união das unidades fabris da Pilz em nível mundial. Além de produzir em sua sede, a Pilz produz em Betschdorf, na França, e, desde o verão oriental de 2015, também em Jintan, na China. Em todas as unidades fabris são aplicados os mesmos padrões e processos de fabricação, assim como as mesmas máquinas. Isso assegura a qualidade alta e constante dos produtos e facilita o trabalho cooperativo com os clientes em todo o mundo e também internamente.

No novo Centro de Produção e Logística em Ostfildern devem ser produzidos principalmente produtos novos e mais complexos, entre eles, comandos CLP para o sistema de automação PSS 4000 apto para a Indústria 4.0, sensores como o sistema seguro baseado em câmeras 3D SafetyEYE ou aparelhos para a tecnologia de acionamento segura Pilz Motion Control. Parar criar uma proximidade no quesito comunicação e espaço, tanto dentro como fora da fabricação, e acelerar o processo de produção, a produção, inclusive o recebimento de materiais e expedição, bem como todos os setores diretamente ligados à produção, como a Engenharia de Produção, a Tecnologia de Informação, a Gestão da Qualidade e Compras foram transferidos para lá. Além destes, também encontraram lugar no novo prédio a Oficina de Treinamento e o Conselho Administrativo.

Integrativo, eficiente no consumo de energia e em conformidade com a produção
Depois do impulso de 28 de abril de 2014, o Centro de Produção e Logística foi erguido dentro de 16 meses. Os custos chegaram a aproximadamente 20 milhões de euros. Com uma área de produção de 6.900 m2 e uma área administrativa de aproximadamente 4.000 m2, o prédio oferece lugar suficiente para 390 colaboradores. Por dia são produzidos em média 2.200 comutadores, controles, sensores e produtos da tecnologia de acionamento.
O novo centro foi construído tendo em vista o crescimento planejado na Pilz e considerando os mais recentes padrões no que se refere à eficiência energética, aos procedimentos logísticos e ao isolamento de ruídos. Ele harmoniza a eficiência energética, modernos processos de fabricação de acordo com os princípios Lean e ergonomia no posto de trabalho.

A empresa familiar decidiu-se conscientemente pela ampliação em Ostfildern, tanto para obter uma proximidade dos espaços entre os demais setores internos, como também para permanecer um parceiro confiável na região. Em conjunto com a administração da cidade de Ostfildern, moradores e empresas do distrito industrial “Schwarze Breite”, foi realizado um estreito acordo no planejamento e uma intensa troca de informações. Para minimizar a emissão de ruídos para os moradores, foi dada especial atenção para manter a maior distância possível da zona residencial. De acordo com isso, as vias de tráfego dos fornecedores foram alocadas atrás do prédio.

Desde o início do planejamento, as colaboradoras e os colaboradores também foram incluídos na estruturação da produção e das áreas administrativas. O ambiente de trabalho na área da produção foi otimizado em workshops interdisciplinares com o setor de Engenharia de Produção e os colaboradores da Produção, a fim de criar processos de produção eficientes e ergonômicos. Também nos escritórios, as salas climatizadas proporcionam um conceito de acústica inteligente com absorvedores acústicos, tais como divisórias de salas de estrutura transparente e aquecimento do piso, visando um clima de trabalho agradável.

A eficiência energética encontra-se em foco no novo prédio: o novo conceito de energia foi projetado, considerando os mais rigorosos padrões ecológicos. No novo Centro de Produção e Logística Peter Pilz, para aquecer o prédio está sendo utilizada a energia geotérmica do subsolo, ou seja, o calor da terra. Em comparação ao aquecimento a gás convencional, ela economiza, no mínimo, 150 toneladas de CO2 por ano. O uso da geotermia, bem como um isolamento altamente eficiente do prédio, garantem um baixo consumo de energia; um sistema inteligente para reaproveitamento do calor também ajuda a minimizar o consumo.

Superando os padrões ecológicos, a empresa familiar também visa grandes metas referentes à tecnologia de fabricação: a disposição da produção completa em um mesmo nível ajuda a otimizar o fluxo de mercadorias.
Foi possível criar um pavilhão com pouquíssimas colunas em várias variantes de planejamento. O desafio da estática foi desenvolver tesouras de concreto para a construção do teto, com envergadura superior a 30 metros. A possibilidade de reduzir o número de colunas de sustentação no pavilhão da produção de 48 para 8 obteve a flexibilidade máxima no espaço. Com isso, foi criada uma “fábrica mutável” que permite uma rápida reação a exigências mutáveis. Uma galeria ao longo dos lados oeste e sul confere a todos os visitantes uma boa visão sobre toda a produção e impede interferências na produção em andamento.

A ligação estreita do espaço da tecnologia de fabricação à produção, bem como um aproveitamento conjunto das áreas e da infraestrutura do recebimento e expedição de materiais otimizam o trabalho conjunto entre as unidades de produção.

Orientação às demandas de colaboradores e clientes
O layout da produção, desenvolvido desde o começo em workshops com colaboradores e especialistas externos, segue o princípio Lean e orienta-se pelas crescentes exigências do mercado. A disposição de cada uma das unidades de produção em forma de U acelera não somente o fluxo de mercadoras e informações, como também encurta os tempos de percurso e, por consequência, toda a cadeia de fornecimento até o cliente. Uma divisão do espaço de produção em “produtos de alta rotatividade” e “produtos exóticos” acelera adicionalmente o processo de produção.

Uma vez que a Pilz valoriza muito desenvolver e produzir os seus produtos em sua própria casa, os protótipos são testados no local. Para esta finalidade, está disponível uma “fábrica na fábrica”, a fábrica PT, destinada a vários testes até a maturidade da série. Ela retrata todas as máquinas e processos em forma reduzida e evita interrupções no processo de produção em série. Lá são testados novos processos de produção para todas as plantas de produção, e os processos existentes são otimizados continuamente.

Para poder reagir de modo flexível às solicitações dos clientes, existem no prédio áreas adicionais reservadas para montagem de sistemas. Lá sistemas completos, como, por exemplo, o sistema de automação PSS 4000, não são somente montados, mas também programados, de modo que podem ser fornecidos ao cliente em estado “pronto para operação”. Com isso, a Pilz reforça a sua pretensão de ser uma fornecedora completa para automação. Consequentemente, as exigências aos colaboradores também se modificam, o que acaba por valorizá-los. Farão parte das tarefas futuras, além da montagem, também a confecção e a programação de sistemas completos.

Indústria 4.0 na produção
Com o aumento crescente da conectividade de máquinas e infraestrutura por meio da aplicação de tecnologias de TI na produção, a Pilz também atende a sua pretensão de ser líder em tecnologia na própria fabricação. No contexto da Indústria 4.0, desde cedo a infraestrutura necessária para a produção inteligente foi criada, assim como os elementos da Indústria 4.0 foram implementados. Já está em operação um sistema inteligente para transporte de peças, desenvolvido na própria empresa. Este sistema acelera e facilita, por exemplo, a alimentação das placas de circuito impresso e o processo de brasagem. Mediante um chip RFID instalado, os porta-peças encontram de modo autônomo o seu caminho desde o eixo de brasagem até a unidade de montagem.

A produção na Pilz está conectada com os processos e procedimentos precedentes e posteriores. Por exemplo, os pedidos são recebidos pela loja virtual na página da Pilz na internet e registrados diretamente no SAP, sendo dali transmitidos diretamente ao planejamento da produção. Assim, estão excluídos atrasos ou erros causados por defeitos de mídias ou problemas com interfaces.

Nos próximos meses, a Pilz continuará implementando a produção inteligente etapa por etapa: para o controle da produção, os dados das máquinas são coletados e processados. Com a avaliação destes dados, serão obtidas informações importantes sobre alterações de estado e desgaste de máquinas. Com isso, pode ser realizada uma manutenção preventiva. A manutenção preventiva ("Predictive Maintenance") evita problemas e paradas. Em 2016 também será implantado o armazenamento dos documentos de trabalho mais recentes em uma nuvem da Pilz. Assim, todos os dados e documentos estarão sempre disponíveis em tempo real e atualizados, podendo ser acessados através de dispositivos móveis a partir de qualquer lugar na produção.

A Pilz está consciente dos desafios da segurança de TI com uma produção totalmente conectada. Por isso, a Pilz investe em uma ampla infraestrutura de segurança para monitoramento de todo o fluxo de dados. Faz parte disso também um centro de processamento de dados próprio que corresponde aos mais modernos padrões. Uma análise permanente de dados de protocolos e demais dados permite a detecção de anomalias em tempo hábil. Adicionalmente, foram instalados diferentes sistemas de firewall para áreas de fabricação individuais, com as quais pode ser definido o nível de segurança individual necessário por zona. Quedas e riscos de segurança são evitados, e o know-how, protegido.

“Fábrica de ideias Pilz 4.0“
O importante trabalho em conjunto para a Indústria 4.0, principalmente entre os setores da tecnologia de informação e a tecnologia de produção, também é uma prioridade alta para a Pilz. Em sua própria “Fábrica de ideias Pilz 4.0”, os colaboradores da produção e TI reúnem-se e recebem os recursos necessários para planejar e implementar projetos conjuntos ligados à Indústria 4.0. Por meio da participação na Forschungsunion (União de pesquisas) e na plataforma de pesquisas SmartFactory KL, a Pilz destaca o seu papel na Indústria 4.0 com o novo Centro de Produção e Logística: na Pilz, a Indústria 4.0 não é somente um projeto futuro, pois ela já chegou ao processo de fabricação.


Dados e fatos sobre o novo prédio
Nome: Centro de Produção e Logística Peter Pilz
Local: Ostfildern
Tamanho: 13.500 m2 (6.900 m2 de área de produção, 4.000 m2 de área administrativa, 2.600 m2 de área adjacente e de ampliação)
Tempo de construção: 16 meses
Custos da construção: 20 milhões de euros
Setores que migraram para lá: Produção, Engenharia de Produção, Tecnologia de Informação, Gestão da Qualidade, Compras e Oficina de Treinamento, bem como Conselho Administrativo
Número de colaboradores: 390 (ocupação após ampliação completa)


Fatos importantes sobre o prédio:
- Conceito de energia ecológico com geotermia, isolamento do prédio altamente eficiente e sistema inteligente para reaproveitamento de calor,
- Layout de produção flexível, graças ao pavilhão aberto, projetado praticamente sem colunas
- Ambiente de trabalho ergonômico na fabricação e nos escritórios
- A disposição das unidades de produção em forma de U acelera o fluxo de mercadorias e informação
- Otimizado para a Indústria 4.0: porta-peças inteligente, conectividade com processos precedentes e posteriores, Fábrica de ideias Pilz 4.0
- “Fábrica na fábrica” (fábrica PT) para testar novos processos de produção e otimizar processos existentes
 

Contato

Martin Kurth
Imprensa corporativa e especializada
Alemanha
Telefone: +49 711 3409-158
E-mail: m.kurth@pilz.de

Sabine Karrer
Imprensa especializada
Alemanha
Telefone: +49 711 3409-7009
E-mail: s.skaletz-karrer@pilz.de


Stephan Marban
Relações públicas
Áustria
Telefone: +43 1 7986263-13
E-mail: s.marban@pilz.at


Manuela Bernasconi
Relações públicas
Suíça
Telefone: +41 62 88979-33
E-mail: m.bernasconi@pilz.ch
 

Dirk Sonder, Vice-presidente sênior da Produção, Pilz GmbH & Co. KG

Contact

Pilz Industrieelektronik S.L. R. Eng Duarte Pacheco, 120
4 Andar Sala 21
4470-174 Maia
Portugal

Telefone: +351 229407594
Email: pilz@pilz.pt

Centro de imprensa

Telefone: +49 711 3409-158
Email: presse@pilz.de