Portugal | português

09/10/2018

“Passaporte” para as máquinas

As prescrições e legislações para a segurança das máquinas e das instalações variam de país para país. Descubra mais sobre o assunto e conheça as prescrições locais que devem ser observadas ao exportar máquinas.

Um local de trabalho seguro deve ser o objetivo em qualquer lugar do mundo. Por isso, cada país tem as suas próprias prescrições e leis aplicáveis para a segurança das máquinas e das instalações. Uma máquina que corresponde às diretrizes e normas de um país possivelmente não está em conformidade com a especificação de outro país. Você, fabricante, deseja exportar uma máquina para outra região? Então será preciso cumprir com as diretrizes e com as exigências do país de destino.


Países diferentes – prescrições diferentes

A diretriz de máquinas serve para padronizar as exigências europeias de segurança para as máquinas. A marcação CE é concedida após a avaliação de conformidade. Com ela, você, fabricante, confirma que a máquina atende a todas as exigências de segurança requeridas pela diretriz de máquinas 2006/42/EG.

Nos EUA, normalmente aparecem os termos UL ou OSHA. A UL publica as normas de segurança que contêm, principalmente, as exigências para aparelhos e componentes elétricos. Como uma agência do Ministério do Trabalho norte-americano, a Administração de Segurança e Saúde Ocupacional (Occupational Safety & Health Administration, OSHA), por sua vez, exige que todos os aparelhos elétricos presentes nos locais de trabalho atendam às normas da UL.

Na América do Sul, a diretriz mais relevante para a segurança das máquinas é a brasileira NR-12. Ela define referências técnicas, fundamentos e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos funcionários e das funcionárias. Além disso, a NR-12 determina as exigências mínimas de prevenção de acidentes durante todo o ciclo de vida útil de uma máquina.

Na Ásia, por exemplo, na China, os produtos técnicos requerem uma certificação conforme as especificações do sistema de certificação China Compulsory Certification (CCC). A maioria dos outros países, por sua vez, contam com especificações separadas.


O que fazer, então, quando você quer exportar uma máquina?

Há o receio de que a máquina não receba a licença de importação na alfândega caso faltem as declarações de conformidade correspondentes ou outros documentos. E é muito trabalhoso e difícil cuidar das autorizações necessárias apenas nesse momento. Por isso, a Pilz auxilia os fabricantes de máquinas no que diz respeito aos procedimentos de avaliação de conformidade internacional. Com a criação desse “passaporte para as máquinas”, facilitamos o acesso aos mercados internacionais.


Mais informações:

serviços para a avaliação de conformidade internacional

Máquinas e instalações
Contact

Pilz Industrieelektronik S.L.
Rotunda Eng. Egdar Cardoso, Nº 23, 5º - Sala E (Edifício Tower Plaza)
4400-676 Vila Nova de Gaia
Portugal

Telefone: +351 229 407 594
Email: info@pilz.pt